SIGA-NOS:

  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • w-facebook

Copyright© 2015 - Todos os Direitos Reservados a Drª. Érica Azevedo - especialista em Alergia e Imunologia

Alergia a pelo de cão ou gato! E agora?

 

Todos já ouvimos falar de alergia a cão ou a gato, não é raro, por exemplo, ter em algum filme ou série um personagem alérgico. Mas mesmo assim, ainda há muitas dúvidas sobre o que fazer com o bichinho quando alguém na casa é alérgico. O grande medo de todos sempre é ter que mandar o bichinho embora por conta da alergia.

 

Contudo, isso só será necessário se de fato for o epitélio do animal que está causando a alergia. A alergia ao epitélio de cão ou gato vai se manifestar como qualquer outra alergia respiratória, ou seja, um quadro de rinite ou asma. Infelizmente, só com o exame físico não é possível identificar quem causa a alergia, se é causada pelo epitélio do cão ou por ácaro, por exemplo. A única forma de saber com certeza é realizar um teste de hipersensibilidade imediata, o prick teste ou a dosagem de IgE específica que é um exame de sangue.

 

Então a boa notícia é que se a alergia for causada por ácaro ou fungos, é possível manter o bichinho em casa. Lembrando sempre que no pelo do bichinho acumula poeira, portanto é desejável dar banho toda semana, no caso dos cães, e pentear os pelos, no caso dos gatos.

 

Vale lembrar também que em alguns estudos a presença de cães e gatos no domicílio antes do nascimento pode ajudar a prevenir alergias. Então, se está pensando em se livrar do seu bichinho de estimação porque vai ter um bebê na casa, pense novamente, talvez não seja uma boa idéia ;)

 

Please reload

Em Destaque

Dicas para quem tem asma e rinite – controle do ambiente - Parte 2

1/2
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Tags